Você não tem permissão para ver essa notícia

Inclusão e Diversidade

Comunicação eficiente

Como melhorar o diálogo entre gêneros nos conselhos de administração.

6 de setembro de 2018

O WomenCorporateDirectors (WCD), criado no Rio de Janeiro há 4 anos, realizou no dia 10 de agosto debate sobre o tema “Os desafios da comunicação em diretorias e conselhos majoritariamente masculinos”.

Como parte da série de Encontros WCD, esta edição abordou os comportamentos que se desdobram a partir do momento em que a mulher se encontra em ascensão em um ambiente até então considerado masculino. As atividades do WCD contam com o apoio das suas cochairs Carla Bellangero, sócia de Auditoria da KPMG, e Inês Souza, sócia da Latitude Gestão e Finanças e membro de diversos  conselhos de administração.

Mansplaining, manterrupting e bropriating são alguns exemplos de práticas enfrentadas por mulheres também no ambiente corporativo. Por isso, o debate buscou refletir sobre como a comunicação sempre pode ser uma ferramenta eficiente. “No Brasil, as mulheres representam 7% na participação em conselhos das empresas do mercado de capitais, considerando as herdeiras. O número vem aumentando, mas entendemos que este indicador pode melhorar”, afirma Carla Bellangero.

Segundo a sócia, a diversidade de gênero nos conselhos contribui para a tomada de decisões mais assertivas e abrangentes, tornando-se um diferencial na companhia. “Certamente, os conselhos que seguiram neste caminho estão quebrando as barreiras do viés inconsciente, formado há anos em nossa história. O WCD tem o propósito de desenvolver um network apropriado para aproximar e facilitar os caminhos e a geografia adequada entre mulheres e conselhos das empresas no mundo. Queremos ver os conselhos mais assertivos e mais abrangentes, mais bem preparados para os desafios das próximas gerações. Para isso, acreditamos que a diversidade de gênero, entre outras, é um dos caminhos.”

Vale ressaltar que o viés inconsciente é um conjunto de estereótipos que um indivíduo forma sobre as pessoas ou diferentes grupos a partir de situações e experiências vivenciadas ao longo de sua vida. Com base nesses conceitos intuitivos, o cérebro pode tirar conclusões tendenciosas a respeito de alguém ou de um grupo.

WCD
O WomenCorporateDirectors reúne conselheiras de administração em todo o mundo. A organização tem como um de seus principais objetivos apoiar a conexão com seus pares e promover o avanço da governança corporativa. Para isso, aborda as últimas tendências e notícias em governança por meio de eventos, publicações e outras ferramentas que possam contribuir para enriquecer ainda mais o nível de serviço dessas profissionais nos conselhos das empresas.

()