Você não tem permissão para ver essa notícia

Press releases

CIOs da América Latina

Aspectos culturais interferem na decisão final de implementar tecnologias

12 de novembro de 2018

Para 71% dos líderes de TI da América Latina, a prioridade de investimento está na melhoria dos processos de negócios; seguido do aprimoramento na experiência do cliente (62%). Por outro lado, o menor investimento, 30%, é direcionado para o desenvolvimento de métodos de entrega e distribuição. Os dados são do recorte latino-americano do CIO Survey 2018, estudo realizado pela KPMG em parceria com a Harvey Nash.

"Devido aos aspectos culturais, as empresas dos países da América Latina esperam ver benefícios comprovados antes de adotar e colocar em prática qualquer medida. Por isso, os gastos com inovação ainda são moderados. No Brasil, a inovação e novas formas de gerar receita estão na agenda dos executivos, que consideram os temas fundamentais para a sobrevivência e para o aumento de competitividade. No entanto, o aumento de produtividade e redução de custos ainda estão no topo da lista de prioridades.", analisa sócio da KPMG, Claudio Soutto.

Já em relação à próxima geração de tecnologias, 27% das companhias investiram em plataformas de mercado on-demand e 17% em internet das coisas (IoT). Os menores investimentos foram em realidade virtual e blockchain, 7% e 6% respectivamente.

Ainda de acordo com a pesquisa, 29% das empresas latino-americanas implementaram automação digital nas áreas de tecnologia da informação, financeira (22%), supply chain(20%), suporte ao consumidor e vendas (19%), recursos humanos (18%), marketing (14%) e, por último, jurídico (8%).

"Apesar da automatização estar em estágio inicial, as companhias da América Latina estão em busca de avanço e aprimoramento tecnológico. A maioria dos CIOs considera muito importante o investimento em inovação", conclui.

Sobre a pesquisa
O recorte Latino Americano da pesquisa CIO Survey 2018 conta com respostas e insights de mais de 300 líderes de TI, de 18 países da região. A pesquisa da CIO Survey 2018 foi realizada pela KPMG em parceria com a Harvey Nash. O levantamento global foi realizado em 84 países, com 3.958 CIOs e líderes em tecnologia, por meio de análises de respostas de organizações que apresentam despesas anuais com segurança cibernética de até US$ 46 bilhões.

Sobre a KPMG
A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 154 países e territórios, com 200.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 4.000 profissionais, distribuídos em 22 cidades localizadas em 13 Estados e Distrito Federal.

Orientada pelo seu propósito de empoderar a mudança, a KPMG tornou-se uma empresa referência no segmento em que atua. Compartilhamos valor e inspiramos confiança no mercado de capitais e nas comunidades há mais de 100 anos, transformando pessoas e empresas e gerando impactos positivos que contribuem para a realização de mudanças sustentáveis em nossos clientes, governos e sociedade civil.

Twitter: http://www.twitter.com/@kpmgbrasil
Site: kpmg.com.br
Linkedin: www.linkedin.com/company/kpmg-brasil
Facebook: facebook.com/KPMGBrasil


Atendimento à Imprensa
Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação (RV&A)
Pedro Ulsen -pedro.ulsen@viveiros.com.br- 11 3736-1127
Bianca Antunes -bianca.antunes@viveiros.com.br- 21 3218-2049
Ana Azevedo - ana.azevedo@viveiros.com.br- 11 3675-5444
Gabrielle Fonseca - gabrielle.fonseca@viveiros.com.br - 21 3218-2044
Twitter: http://www.twitter.com/@RVComunicacao
Facebook: facebook.com/ricardoviveiroscomunicacao
Site: viveiros.com.br

()