Você não tem permissão para ver essa notícia

Tecnologia, Mídia e Telecomunicações

Transformação digital no mercado regional

Pesquisa destaca estratégias de CIOs da AL. Saiba mais.

22 de novembro de 2018
Claudio Soutto

As empresas latino-americanas diferem de outras ao redor do mundo na adoção de tecnologias. Para entender melhor essas diferenças, identificar tendências e detectar os desafios e reais necessidades das empresas e clientes regionais, a KPMG lançou recentemente um recorte latino-americano do estudo global CIO Survey 2018.

A pesquisa global é realizada anualmente em parceria com a Harvey Nash e reúne respostas de cerca de 4 mil CIOs de 84 países. O recorte da América Latina traz uma análise minuciosa de 300 respondentes desse total, localizados em 18 países da região.

Entre outros resultados, a pesquisa revela que 78% das empresas não têm apresentado estratégias digitais bem-sucedidas. Claudio Soutto, sócio-líder de CIO Advisory da KPMG na América Latina, comenta que fazer com que as estratégias de transformação digital atendam aos objetivos da companhia tem sido um grande desafio das organizações.

“Empresas latino-americanas buscam implementar soluções que já estejam comprovadamente testadas, ao contrário de algumas empresas, principalmente as americanas ou europeias, que investem muito em pesquisa e desenvolvimento e são realmente consideradas inovadoras”, compara Claudio Soutto.

Ao lançar olhar sobre as organizações de sucesso, Soutto destaca alguns aspectos que podem servir de parâmetro para as empresas que pretendem se destacar. “Dedicar um profissional específico para os temas de inovação tem-se mostrado uma boa iniciativa, essas empresas são mais bem sucedidas na estratégia digital”, exemplifica. Essa nova função denominada de Chief Digital Officers permite ao profissional priorizar a inovação e a transformação digital em relação às atividades do dia a dia.

O estudo também aponta que as estratégias costumam ser implementadas com o único objetivo de melhorar a experiência do cliente. O sócio explica que, embora esse aspecto seja o mais importante, a estratégia deve considerar os demais processos críticos para a empresa: o relacionamento com fornecedores, logística e distribuição, normas e regulamentações e engajamento dos funcionários. “A transformação digital deve transcorrer em toda a empresa”, avalia o sócio.

No podcast a seguir, Claudio Soutto comenta mais sobre a pesquisa. Ouça
 

Para conferir o estudo CIO Survey 2018 - Latin America Region Findings, clique aqui.


Leia também:
Estratégia digital - Pesquisa mostra o que pensam as lideranças em TI de todo o mundo

Profissionais de TI assumem papéis cada vez mais estratégicos

 

 

()