You are not allowed to view this news

TAX

Simulador RECOF

Para saber antecipadamente os ganhos com o RECOF Tradicional ou SPED.

7 de janeiro de 2019
Recof

O Simulador RECOF, desenvolvido pela KPMG no Brasil, simula os ganhos tributários e financeiros para as empresas interessadas em usar o Regime Aduaneiro Especial RECOF em suas modalidades Tradicional ou SPED.

Anna Davanço, responsável pelo desenvolvimento da ferramenta, comenta no podcast a seguir que a intenção é dar autonomia para as empresas e antecipar o resultado que permitirá a escolha entre um regime e outro.

Carlos Ottoni, sócio-diretor líder do GTEC, diz que o acesso online ajuda na divulgação do regime RECOF e quebra o paradigma de as empresas terem que buscar um suporte consultivo. “Nosso propósito aqui é fazer com que as empresas tenham maior facilidade na mensuração desses potenciais ganhos de maneira a ampliar o uso do regime.”

Depois de simular os ganhos com o RECOF, a empresa entra em contato com a equipe do Global Trade Excellence Center (GTEC) para avaliar os processos e a estrutura organizacional necessárias para comportar a implementação do regime.

Como funciona

Para acessar o simulador, no site do GTEC, basta fazer um cadastro com usuário e senha. Depois, é só preencher um formulário com questões relativas a elegibilidade e, também, informações para calcular os ganhos com o RECOF.

De acordo com Anna, a empresa precisa ter um patrimônio líquido mínimo de R$ 10 milhões caso deseje pleitear a modalidade Tradicional do regime e, ainda, indicar se ela tem atuação operacional no Estado do Rio de Janeiro e/ou no de São Paulo para fins de suspensão do ICMS.

Preenchendo o formulário do simulador, a empresa consegue definir a taxa Selic para fazer a análise do cálculo de fluxo de caixa e deverá fornecer, também, a alíquota média nos processos de importação por tipo de tributo.
 

Clique aqui para acessar o simulador.

Ouça mais no podcast a seguir:

 

 

()