Você não tem permissão para ver essa notícia

Podcasts

Auditoria inteligente

Automação está transformando a rotina e o papel do auditor interno. Ouça podcast.

27 de fevereiro de 2019

O avanço tecnológico trouxe uma série de soluções digitais que estão transformando as empresas em seus processos, serviços e até nos modelos de negócios. Assim como em todas as áreas, esse advento trouxe desafios e oportunidades para a auditoria interna e impactos em seus profissionais.

Embora a prática de auditoria, em geral, ainda seja feita de forma tradicional, a automação pouco a pouco modifica a rotina da área. “Os profissionais de auditoria estão sendo cobrados para fazer mais com menos, e a principal forma de ganhar eficiência e reduzir custos é automatizando os processos”, explica o sócio-líder de Data & Analytics da KPMG no Brasil, Ricardo Santana. "Há muitas ferramentas sendo desenvolvidas para que a auditoria interna possa avaliar a qualidade dos controles internos e mitigar riscos de forma automatizada", completa o sócio da área de Risk Consulting, Sandro Silva.

Ricardo Santana destaca que existem diversas tecnologias disponíveis para automatizar a prática de auditoria interna, com base no aprendizado cognitivo, análise de dados e automação robótica dos processos (conheça exemplos no podcast a seguir). O uso dessas tecnologias deve estar de acordo com o propósito da auditoria interna.

Desafios e oportunidades

Com o emprego da automação, o papel do profissional de auditoria vem mudando. De acordo com Silva, a atividade requer mais conhecimento de tecnologia, de riscos, da indústria e dos modelos de negócios. “O surgimento de auditoria interna com foco estratégico faz parte do processo de amadurecimento das empresas em relação às boas práticas de governança”, ressalta.

Ele explica que as transformações são necessárias e passam por alguns desafios, tais como a mudança de cultura do profissional. Logo, atualizar habilidades, entender a aplicação dos processos e trabalhar em equipe para concretizar os planos são ações primordiais para este momento do setor. “Capacitação, hoje, é entender os fatores de risco e ter habilidade de liderar esses processos de automação inteligente na organização dentro da auditoria interna”, complementa Sandro.

Ricardo Santana
Sandro Silva

Os especialistas acreditam que, de forma geral, a área de auditoria interna estará automatizada em poucos anos. A KPMG está preparada para auxiliar desde o planejamento e a preparação da área para o investimento inicial até a aplicação da tecnologia e análise de resultados. No podcast a seguir, os sócios trazem mais informações sobre as tecnologias disponíveis e como a automação está permitindo ao auditor assumir um papel cada vez mais relevante e estratégico dentro das organizações. Confira:

 

Leia mais:

A oportunidade da auditoria interna com a ascensão da automação inteligente

Gerando a automação inteligente por toda a empresa

Como aumentar o valor estratégico da auditoria interna

()