You are not allowed to view this news

Governo e Infraestrutura

Saneamento no Brasil

Evento debateu as tendências globais, investimentos e desafios do setor.

27 de fevereiro de 2019

O seminário Saneamento – Tendências globais, universalização do sistema e oportunidades no Brasil aconteceu em 15 de fevereiro, na sede da KPMG, em São Paulo. O evento debateu os temas mais atuais sobre o setor de saneamento e contou com a participação de especialistas, players, investidores, financiadores e prestadores de serviço.

O seminário foi aberto por Santiago Crespo, presidente da ABCON, com a palestra Mercado e Tendências Globais no Setor de Saneamento.

Charles Schramm, sócio-líder de Infrastructure Finance da KPMG, moderou o painel Universalização do Saneamento no Brasil – Quanto precisamos investir e quais os principais desafios.

Já no painel MPV 868 – Nova regulação de Saneamento para acelerar os investimentos e melhorar a qualidade dos serviços, o moderador foi Mauricio Endo, sócio-líder de Governo e Infraestrutura da KPMG na América Latina.

Estudo assinala os desafios para universalização

Em 2018, A KPMG no Brasil publicou o estudo Universalizando o saneamento básico no Brasil. A publicação traz dados que indicam a urgência de melhorias para suprir as deficiências de atendimento à população nas próximas décadas.

Para saber mais sobre o estudo, clique aqui.

()