Você não tem permissão para ver essa notícia

ACI

Diversidade nos conselhos

Compartilhar experiências distintas contribui para o crescimento de todos.

18 de julho de 2019

“Gosto da proposta do ACI porque, com reuniões curtas, conseguimos ficar atualizados em assuntos muito latentes sobre conselhos, comitê de auditoria, além de ter uma troca com pessoas com muita experiência”, explica a conselheira fiscal Agnes Aragão da Costa.

A governança corporativa e o compliance são os temas centrais dos debates do ACI Institute desde a sua criação, há 15 anos. A KPMG acredita na importância dos espaços para discussão, e esta iniciativa é dedicada à troca de conhecimento.

Agnes destaca que a discussão dos assuntos é importante para estatais, assim como é para empresas privadas. Para ela, os administradores precisam saber o caminho que suas empresas querem trilhar e devem alinhar todos os processos para que seus objetivos sejam atingidos. Com a governança corporativa, é possível entender como os processos decisórios são conduzidos dentro da organização.

Com as mesas de debate e estudos exclusivos, o ACI contribui para a atualização dos conselheiros fiscais, conselheiros de administração e membros de comitês de auditoria. Ao compartilhar conhecimento, os profissionais compreendem melhor as dinâmicas de mercado e a importância dos seus papéis.

A diversidade nos conselhos é uma questão atual. “É super relevante porque vemos que nem todo mundo tem todo o conhecimento, as coisas mudam muito e as empresas têm que se adaptar”, esclarece Agnes da Costa. Para ela, o conhecimento é diverso e precisa ser pensado dessa forma, assim todos colaboram para o desenvolvimento dos negócios.

No vídeo a seguir, Agnes Aragão da Costa fala sobre a contribuição do ACI Institute para a governança corporativa:


Nenhum ()