Você não tem permissão para ver essa notícia

Indústrias

Energia e Infraestrutura em debate

Sócio comenta destaques de fórum realizado pelo LIDE.

10 de julho de 2019
palco de evento com painel de apresentação, pessoas sentadas em cadeiras no palco e um homem de terno fala ao público

O LIDE, Grupo de Líderes Empresariais, realizou, no dia 14 de junho, o 7º Fórum LIDE de Energia & Infraestrutura. O evento aconteceu no Palácio Tangará, em São Paulo, e reuniu representantes do governo federal, do estado de São Paulo, além da iniciativa privada, para debater temas relevantes para a retomada desses setores.

O sócio-líder da prática de Building & Construction da KPMG no Brasil, Emerson Melo, participou do evento e destaca como principais temas debatidos: retomada de investimento, renovação e novos modelos de concessões e outorgas de investimentos, aceleração de PPPs/PPIs com contratos ativos, inovação tecnológica, controle de contas públicas, desoneração tributária sobre investimentos (capex), desestatização, aumento de produtividade e melhoria de segurança jurídica.

“No contexto em que a capacidade de investimento do setor público é reduzida, conforme mencionado pelos debatedores, foi destacada a importância da iniciativa privada como alavanca de crescimento em setores com gaps significativos de investimentos superiores a R$ 300 bilhões no curto prazo e mais de R$ 8 trilhões no longo prazo”, explica o sócio.

Na ocasião, também foi apresentada a carteira de aproximadamente R$ 208 bilhões do Governo Federal para o setor de infraestrutura até 2022. O investimento será dividido entre rodovias, portos, ferrovias, aeroportos, setores de energia e mineração.

De acordo com Emerson Melo, o fórum trouxe uma mensagem de otimismo para o público presente. A jornada dos setores é longa, e tanto setor público quanto privado são fundamentais para o desenvolvimento.

()