Você não tem permissão para ver essa notícia

Tecnologia, Mídia e Telecomunicações

A indústria de tecnologia

Podcast revela as contribuições da edição 2019 da KPMG Technology Industry Innovation Survey.

30 de outubro de 2019
Dois homens de social, em pé, um ao lado do outro, de braços cruzados e sorrindo

Podcast com Luís Motta, sócio-líder de TMT na América do Sul, e Felipe Catharino, líder do segmento de tecnologia em TMT, apresenta uma análise da edição 2019 da KPMG Technology Industry Innovation Survey, pesquisa de inovação do setor de tecnologia, que consolida a opinião de 740 líderes da indústria de tecnologia no mundo sobre a transformação dos negócios nos próximos três anos.

Empresas de praticamente todos os setores estão se posicionando para implementar novos modelos de negócios baseados em tecnologia e, assim, criar valor diferenciado. O estudo traz insights, incluindo dados de outra pesquisa sobre a indústria de hardwares e de semicondutores, por exemplo.

Ela indica as tecnologias prioritárias e mostra como as empresas estão em relação a inovação, novas tecnologias e outras empresas do setor. Mostra o que é prioridade em transformação digital para os tomadores de decisão das empresas e para os millennials e indica tendências para a sociedade e as demais Indústrias.

As empresas de tecnologia e os novos modelos de negócios

“Há uma busca bastante recorrente das empresas por transformações, mas não necessariamente se baseiam em uma única tecnologia. O importante para essa transformação é que ela seja receptiva a novas tecnologias e seja adaptativa”, comenta Catharino.

A pesquisa apresenta as dez tecnologias percebidas com maior potencial para impulsionar a transformação futura dos negócios e o valor no longo prazo.

“Existem duas percepções com relação a essas tecnologias, a dos atuais tomadores de decisão, e a dos millennials. E embora tenham uma convergência sobre os principais itens, há divergências de prioridade para essas tecnologias”, comenta Motta.

As top 10

Tecnologias

Tomadores de decisão

Millennials

2019

2018

2019

Internet das coisas (IOT)

1

1

2

RPA (Robotic Process Automation), por exemplo, software bots

2

9

5

Inteligência artificial, cognitive computing, machine learning

3

2

1

Blockchain

4

7

-

Robótica e automação (incluindo veículos autônomos)

4

3

8

Realidade aumentada

6

8

-

Realidade virtual

7

4

-

Social networking, tecnologias de colaboração

8

5

6

Biotech, digital health, genética

9

6

-

Plataformas de mercado sob demanda

10

10

-

5G

-

-

3

Increased computational power (computação quântica, etc.)

-

-

4

Plataformas de pagamento digital

-

-

7

Megaplataformas (como Amazon, Alibaba, Facebook, etc.)

-

-

9

Interações por voz, fala e bate-papo

-

-

10

 

IoT, a internet das coisas

Segundo a análise de Motta, os atuais executivos estão preparando as empresas para que sejam competitivas e estejam em grande forma quando ocorrer a passagem de bastão para os millennials, que darão o próximo passo.

A edição 2019 da KPMG Technology Industry Innovation Survey apresenta a “internet das coisas” como principal direcionador da transformação de negócios nos próximos três anos, dando a entender que tudo pode se tornar smart e conectado, o que, segundo Catharino, não é uma surpresa.

Catharino conta que dados do IDC Brasil mostram que o volume global movimentado pela internet das coisas pode chegar a US$ 1,2 trilhão em 2022. E isso traz uma preocupação com a segurança dos dispositivos e dos ambientes conectados, como também com a criação de políticas e programas de cyber security e segurança da informação.

Um aspecto que não aparece com tanta ênfase na pesquisa, mas precisa ser considerado para o Brasil, diz respeito à questão regulatória por trás da internet das coisas, que pressupõe alterações na legislação brasileira, além de mudanças em infraestrutura e em modelos de negócios.

A ascensão do blockchain

Subindo da sétima posição na pesquisa de 2018 para a quarta em 2019, o blockchain demonstra estar cada vez mais presente no mundo dos negócios.

Tecnologia para validação descentralizada de moedas, o blockchain também é usado para validar dispositivos conectados à rede, de internet das coisas a transações financeiras.

“Uma outra pesquisa mostra que 41% dos líderes das empresas de tecnologia pretendem implementar o blockchain em suas companhias nos próximos três anos e 48% acreditam que essa tecnologia vai transformar de forma significativa, os seus negócios nos próximos três anos”, revela Catharino.

No podcast a seguir, você ouve a análise mais detalhada de Motta e Catharino a respeito de computação quântica, uma tendência apontada no estudo pelos millennials, e fica sabendo que providências os líderes devem tomar diante de toda essa transformação e como a KPMG está atuando.

 

As constribuições da KPMG Technology Industry Innovation Survey  

 

Tecnologias que estão no topo da lista de prioridades das empresas

 

Que providências os líderes devem tomar diante da transformação digital

 

Nenhum ()