Você não tem permissão para ver essa notícia

Vídeos

Os próximos passos da transformação digital

A 21ª edição do Futurecom começou! Confira os destaques do primeiro dia.

29 de outubro de 2019

O Futurecom 2019, o maior evento de transformação digital da América Latina, começou na terça-feira (29), em São Paulo, e reúne os principais players de tecnologia para apresentar os próximos passos para o futuro da inovação.

Sempre marcando presença no Futurecom, a KPMG inova nesta edição ao apoiar o Future CONGRESS. Trata-se de um espaço de palestras e salas de reuniões exclusivas com foco em compartilhar experiências no caminho da transformação digital em diversos setores da economia.

Blockchain, IoT, regulação associada à Lei 13.879/2019 (texto que modifica a lei geral de telecomunicações), segurança cibernética, privacidade de dados e arrecadações de fundos setoriais dos últimos anos são os temas que a KPMG escolheu abordar, por meio dos seus profissionais e especialistas, para contribuir nessa discussão no Futurecom, conforme explica Dustin Pozzetti, sócio de Tecnologia, Mídia e Telecom da KPMG no Brasil.

5G e Internet das Coisas

O primeiro dia do Futurecom contou com a participação de profissionais e especialistas da KPMG. O sócio de Technology Risk Consulting da KPMG no Brasil, Paulo Pagliusi, mediou o debate Next Generation: Cyber security no Projeto e na Construção de 5G e IoT, com a participação de Alexandre Vargha, project leader manager da Volvo; Yanis Stoyannis, gerente de Consultoria e Inovação em Cyber Segurança da Embratel; e Mika Lauhde, global vice-president Cyber Security and Privacy da Huawei.

Os desafios da convergência entre a tecnologia 5G e a Internet das Coisas (IoT) foram debatidos no painel, assim como as vantagens da aplicação das soluções desenvolvidas com essa união. Projetos que incluem 5G e IoT contam com velocidade, eficácia, confiabilidade e latência.

A atenção aos riscos, a preocupação com a segurança cibernética e o desenvolvimento da regulação adequada são fundamentais para a aplicação da tecnologia. Os especialistas têm um papel importante para equilibrar riscos e oportunidades. “Todos nós somos transformadores da sociedade e compete a nós fazer essa transformação ocorrer de forma segura e consciente”, destaca Pagliusi.

Mobilidade

Ainda no primeiro dia do evento, Maurício Endo, sócio-líder de Governo e Infraestrutura da KPMG no Brasil e na América Latina, conduziu o meetup Mudança no comportamento do consumidor transformando o cenário da mobilidade urbana.

Nesse encontro, líderes de organizações do setor de mobilidade compartilharam o impacto de suas empresas na sociedade, considerando a tecnologia aplicada para transformar os modelos de negócios. “Tudo o que tem acontecido em mobilidade é sobre as tecnologias que nos levam para o futuro”, afirma Endo.

Os líderes comentaram que comportamento do consumidor é fundamental para direcionar os caminhos que a mobilidade irá seguir, tanto a mobilidade urbana particular quanto as soluções que contribuem com o deslocamento das pessoas. Análise de dados e big data são essenciais para estudar esse comportamento.

O impacto ambiental, a experiência do consumidor, a política nacional de mobilidade urbana, a complexidade dos sistemas de mobilidade urbana e formas para levar a tecnologia para o mercado com foco no passageiro foram alguns dos temas debatidos durante o meetup.

No vídeo a seguir, Dustin Pozzetti fala mais sobre a participação da KPMG no Futurecom 2019. Confira:

Nenhum ()