Você não tem permissão para ver essa notícia

TAX

América Latina em pauta

Tax Summit reuniu profissionais de Tax para discutir ambiente tributário na região.

13 de dezembro de 2019
Seis pessoas vestidas de roupa social sentadas em cadeiras no paco de evento

Mais de 300 profissionais de Tax de 25 países reuniram-se no Brasil, entre os dias 4 e 5 de dezembro, para o Latin America Tax Summit da KPMG. O evento teve como objetivo discutir os principais desafios tributários da atualidade na região, como eficiência tributária e o papel dos profissionais da área frente às transformações tecnológicas e às mudanças nos modelos de negócios no mundo e os impactos específicos na América Latina.

O evento foi dividido em sessões plenárias e uma série de painéis temáticos para discussões técnicas. Will Williams, national managing principal of Tax da KPMG nos Estados Unidos, e Christian Athanasoulas, Latin America Tax managing principal para Américas da KPMG, abriram o primeiro dia da plenária, ressaltando a velocidade das mudanças no ambiente regulatório e os desafios dessas transformações.

Moderado por Megan Vega, o painel Striking the Balance - atingindo o equilíbrio teve a participação de Komal Dhall, líder global de Transfer Pricing, Sharon Katz-Pearlman, líder global de disputas e controvérsias, Rodney Lawrence, líder global de Tributação Internacional, e Doug Zuvich, líder global de Trade & Customs.

Estiveram na pauta os principais elementos disruptivos, desafios da profissão, Data & Analytics, reforma fiscal, criação de ambiente colaborativo junto a autoridades fiscais e contribuintes e o cenário para os próximos meses.

Com reformas tributárias previstas para diversos países, as mudanças nos sistemas de contabilização devem impactar os negócios de forma significativa, na opinião de Rodney Lawrence. "As mudanças tributárias são muito disruptivas para os CFOs, que estão muito preocupados em ter segurança, e também para os departamentos tributários", afirmou.

Uma apresentação do renomado artista e palestrante Erik Wahl fechou a sessão plenária do dia, com diversos insights sobre como os profissionais de Tax podem melhorar a experiência de seus clientes, ser disruptivos e estar à frente dos concorrentes em um ambiente analítico.

Homem de roupa social falando em microfone
Mulher de camisa social branca falando em microfone
Quatro pessoas de social sobre o palco, uma delas fala no microfone

Liderança visionária

O segundo dia começou com a plenária The Art of Visionary Leadership | Tax Reimagined - A arte da liderança visionária | Imposto Reimaginado, conduzida por Alfonso Pallete, líder de Mercados da América Latina, sócio da KPMG nos Estados Unidos. Pallete abordou o impacto da transformação digital no setor financeiro e comentou como a velocidade do avanço tecnológico seguirá modificando os modelos de negócio.

“Os departamentos tributários da América Latina precisam se preparar para o futuro assim como as autoridades estão se preparando. A tecnologia pode nos ajudar a fazer os trabalhos de que ninguém gosta. Enquanto isso, poderemos ser mais criativos e colocar em prática o nosso conhecimento”, destacou Pallete.

Para contribuir com o tema, foram chamados para uma discussão no palco Sean Bloodwell, líder global de serviços de compliance da KPMG, e Brad Brown, líder global de tecnologia tributária da KPMG.

Nesse debate, os profissionais falaram sobre a importância de repensar a tecnologia para cada necessidade dentro dos setores fiscais. Lembraram que alinhar estratégias e soluções é fundamental para gerar resultados de valor.

A plenária foi encerrada com o painel Chief Tax Officer, com a participação de Scarlet Pereira, vice-presidente sênior de planejamento e compliance tributário internacional da MasterCard; Maria Fernanda Campos, diretora de impostos da América do Sul da Ford Motor Company Brasil; e Jen Houser, diretora sênior de tributação internacional do grupo Expedia. As líderes compartilharam experiências de mercado com o uso das novas tecnologias.

Discutir estratégias em parceria com as demais áreas de negócios das empresas é importante para olhar para o futuro e otimizar os processos. Para as profissionais, as mudanças trazem muitas oportunidades de desenvolvimento. As tecnologias dividem a carga de trabalho e permitem explorar mais o potencial de cada profissional da equipe.

Painéis técnicos

Todos os painéis técnicos tiveram a participação de profissionais de Tax da KPMG no Brasil. Os principais temas discutidos foram fusões e aquisições, economia digital, reforma tributária nos Estados Unidos, desenvolvimento de um sistema eficiente do ponto de vista tributário de gerenciamento de caixa, investimentos na América Latina, tecnologia, autoridades fiscais e o ambiente contencioso, estruturação de operações, o papel do profissional de Tax diante de tendências como a disrupção, reformas tributárias, experiência do cliente e inovação, ética em um ambiente de maior transparência e desafios e oportunidades na América Latina.

Nenhum ()