Você não tem permissão para ver essa notícia

Iniciativas institucionais

Retorno aos escritórios somente em 2021

Cresce o número de empresas que pretendem manter suas operações em home office.

9 de setembro de 2020
homem e mulher em uma bancada de trabalho dentro do escritório digitam em notebooks, eles usam máscara de proteção

A “Pesquisa nacional: como será o retorno aos escritórios”, realizada em agosto pela KPMG no Brasil, concluiu que 26% dos empresários brasileiros entrevistados planejam o retorno de seus profissionais aos escritórios somente em 2021.

Em relação à pesquisa anterior, realizada em junho, esse aumento foi de 188%. Na ocasião, apenas 9% pretendiam retornar no próximo ano. Os dados indicam que as empresas estão se adaptando à realidade do home office, adequando suas operações para manter as entregas. “Diante disso, fica a preocupação com o bem-estar dos colaboradores, o que se reflete na posição de aguardar um retorno com a maior segurança possível”, analisa o sócio-líder de Clientes e Mercados da KPMG no Brasil e na América do Sul, André Coutinho.

O levantamento foi realizado com empresários dos setores de agronegócio (9%); consumo e varejo (10%); energia e recursos naturais (8%); governo (3%); saúde e ciências da vida (5%); mercados industriais (10%); infraestrutura (4%); setor financeiro (15%); tecnologia, mídia e telecomunicações (9%); serviços (26%); e ONGs (2%). A maioria encontra-se no Sudeste (78%), seguido do Sul (10%), Centro-Oeste (7%), Nordeste (4%) e Norte (1%).

Planos de volta

As empresas que já planejam a volta aos escritórios nos próximos meses pretendem fazê-la de forma gradual. Apenas 19% dos entrevistados devem voltar com 100% dos colaboradores, sem nenhuma estratégia gradual.

A máscara facial será obrigatória para 90% dos entrevistados, seguida por medição de temperatura (68%), questionário sobre condições de saúde (48%) e aplicação de testes para Covid-19 (27%). Apenas 5% dos entrevistados não devem adotar nenhuma dessas medidas para controle de acesso ao escritório.

()